PLANO DE ATAQUE: SALDOS!


Chegou a temporada de saldos| Não é costume, mas este ano estou muito entusiasmada com os saldos_ primeiro, porque praticamente não comprei nada durante toda a estação, e segundo porque me identifiquei imenso com a vibe mais romântica e boho das colecções de fast-fashion. Linho, sê bem-vindo ao meu armário! 




// Organizar o armário!

Sou da opinião que menos é mais, e desde que comecei a consumir menos, senti uma grande diferença na minha vida - especialmente em termos de leveza. É mais fácil para mim escolher o que usar, independentemente de o ter planeado à priori e realmente noto que dou uso a tudo o que tenho; ou seja, pretendo mantê-lo dessa forma. O primeiro passo é definitivamente saber o que preciso e pretendo adquirir: ver se alguma peça precisa de ser renovada, se existe alguma peça-chave em falta ou se existe realmente alguma tendência que me atraia e valha a pena incluir no meu guarda-roupa. Para isso, aproveito para organizar o roupeiro duas vezes por ano exactamente antes das temporadas de saldos, o que acaba por me permitir ter uma visão mais clara do que realmente faz sentido adquirir. 

// Sondar o terreno!

Mesmo que optem por não comprar online, é muito útil terem uma ideia do que vão adquirir antes de entrar na loja. Eu pessoalmente, como não gosto da confusão dos primeiros dias de saldos e tenho uma boa noção do meu corpo, gosto de encher o meu carrinho de compras de antemão, tendo em conta o meu orçamento. Quando pretender fazer a compra, é só avaliar se o desconto realmente me agrada - voilá, um processo muito mais rápido e controlado. Quando optava pelas lojas físicas, praticava a mesma estratégia: dois ou três dias antes explorava a loja com tempo, para experimentar e perceber o que seria efectivamente uma possível compra e no dia, evitava provadores e poupava tempo. A única desvantagem é que obviamente existe a possibilidade do número que experimentaram não estar em stock. 

dicas para os saldos

// Básicos, básicos, básicos!

Este ano vou fugir ao hábito e adquirir mais peças-tendência, porém é sempre nesta ocasião que tento adquirir e renovar básicos. Apesar de ser um pensamento cliché, não é de todo fácil; por norma, a grande maioria de lojas de fast-fashion aposta em tendências e é realmente difícil distanciar-nos desse tópico. As lojas onde normalmente tenho mais sucesso neste campo são a Zara, a Mango e a Lanidor, mas mesmo assim é importante estarmos dispostos a gastar um pouco mais do que uma típica peça em saldos. A mim não me incomoda de todo, porque são peças que compraria noutras circunstâncias. 

// Comprar com consciência!

Como referi, planear é realmente muito importante para não cairmos no urge de aproveitar toda e qualquer promoção que consideremos apetecível. Há uns anos, caía imenso no erro de comprar peças só porque estavam extremamente económicas, sendo que algumas nem sequer se assemelhavam ao meu tamanho - escusado será dizer que nunca foram utilizadas. Além de ser dinheiro mal gasto, são peças que enchem o roupeiro, que acabam por trazer a sensação de que "não temos nada para vestir" e que no fundo, não fazem realmente falta. Mais importante que qualquer outro ponto, devemos saber investir o nosso dinheiro de forma a que realmente nos traga prazer e felicidade.

Quais são as vossas dicas para os saldos? Em que lojas costumam comprar bons básicos? 

11 comentários

  1. Eu a organizar o meu armário sou um desastre! Parece uma explosão de roupa que sai do armário aha
    Adorei as dicas :)
    Beijinhos

    pimentamaisdoce.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Tenho organizado imensas vezes o armário e sempre que o faço uma grande parte vai para doar, porém não tenho adquirido roupa nova. Limito-me a tirar o que não uso e colocar as peças que mais gosto à mão. Há 1 mês que ando a evitar mexer mas terá de ser até porque o calor já pede peças mais frescas (ao contrário das que tenho usado). Nos saldos, exagero sempre na quantidade de produtos de cosmética que compro (mas este ano tentarei ser mais controlada) e depois demoro imenso tempo até usá-los e terminá-los. Às lojas de roupa, nem consigo por os pés, pois é imensa confusão e o número que uso está sempre esgotado quando lá vou, por isso nem vale o esforço ou gasolina ahah. Gostei imenso das dicas! São essenciais. Beijinhos :D

    ResponderEliminar
  3. Eu compro roupa muito raramente agora, só compro se precisar mesmo de alguma peça ou se vir algo que está com um bom preço e me dá jeito. Mas de Verão não tenho nada. Como faço muitas limpezas aos armários com relativa frequência, acabo por dar muita coisa que já não uso, só que nao vou repondo. No ano passado dei imensas roupas de verão e fiquei só com as peças que gosto e uso sempre, que são poucas. Só que este ano já percebi que vou ter que comprar mais porque as que tenho não servem (apertam no peito, ficam muito justas às axilas - coisa que odeio). Vou ter que ir aos saldos, mas é mesmo por necessidade. Se tiver três partes de cima de verão com as quais me sinto mesmo bem, são muitas. Dei tudo e não repus nada, sou parva, agora não tenho o que vestir para sair.

    ResponderEliminar
  4. Essas dicas são ótimas! Hoje em dia aprendi muito a me controlar, compro só o que realmente preciso!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderEliminar
  5. Comprar com consciência é mesmo um dos meus lemas, até porque assim evito iludir-me com o facto de a peça ter um preço simpático. Confesso que em tempo de saldos é mesmo raro ir comprar roupa, por causa da confusão - já não sou muito dada a enfiar-me num centro comercial em geral, nestas alturas ainda menos ahahah

    ResponderEliminar
  6. Também gosto muito das peças de linho que por aí estão, mas este ano não tenho comprado roupa quase nenhuma, tenho-me contentado com o que tenho e em dar o que não uso a quem pode precisar <3

    www.keke.pt

    ResponderEliminar
  7. O importante é mesmo comprar com consciência! Excelentes dicas, sem dúvida! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Gostei bastante dos teus conselhos e dicas
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Eu aproveito sempre esta altura para comprar básicos, a h&m costuma ter coisinhas giras!
    www.thefancycats.pt

    ResponderEliminar
  10. Heeey! Ótimo post! Pensava que tinha sido só eu que ainda não tinha comprado nada durante toda a estação - que narcisista, credo hahah - welcome to the club darling (risos).

    Concordo com todas as tuas dicas, mas fazer o quê quando o nosso lado consumista fala mais alto que a nossa consciência? Brincadeiras há parte, por acaso este ano não ando a encontrar nada que eu consiga dizer "vou morrer se não comprar aquilo", "é um caso de vida ou de morte", etc...que vibes (risos).

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Nunca faço grande planeamento, mas acho o último ponto super importante!

    ResponderEliminar

Sê bem-vindo/a! Obrigada pelo teu comentário, são as tuas palavras que movem o blog! Se começaste recentemente a seguir o blog, deixa-me um comentário a informar, para que possa visitar o teu. <3
Thanks for the comment, your words mean everything to the blog! If you just started following the blog, leave a comment here to check out your blog.